05/12/2010

Direito à felicidade pode virar lei no Brasil


Está na fila de votação do Senado a proposta de Emenda Constitucional que inclui a busca da felicidade no Artigo 6º da Constituição. Se aprovado (duas vezes pelo senado e depois, finalmente, pela Câmara dos Deputados), o Artigo 6º vai ficar assim: “são direitos sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados”. Hoje, o mesmo artigo começa assim: “São direitos sociais a educação, a saúde”.

Não viu muita diferença? É o seguinte… Essa emenda fará com que o Estado se comprometa a assegurar a felicidade a todos os cidadãos brasileiros, por meio de investimentos nos direitos listados no artigo 6º e também em ações mais amplas, que tenham como objetivo simplesmente nos fazer felizes (ou criar condições para tal).

A felicidade vem sendo, cada vez mais, um medidor importante: o FIB (Felicidade Interna Bruta) já está sendo usado para orientar políticas públicas e empresariais. Segundo estudo realizado em julho de 2010 pela revista Forbes e pelo instituto de pesquisas Gallup, o Brasil ocupa a 12ª posição no ranking dos 155 países mais felizes do planeta. Ainda não é suficiente para o Movimento Mais Feliz, que, entre outras ações, promoveu a criação da proposta de Emenda do Artigo 6º.(Planeta Sustentável)

Confira o vídeo da campanha do Movimento Mais Feliz:

5 comentários:

CLAUDIA disse...

Karla querida!
Boas notícias,apesar que o Brasileiro é um povo que tem raça e pulsa vida,por isso já é feliz por ter coragem de lutar.
Espero de coração que todos se preocupem mais com a felicidade alheia.
Vamos esperar e torcer!
Parabéns pelo post!
Bjso querida!

Balaio Variado disse...

Oi Karla!

Tem um selinho de qualidade para você lá no meu blog! Passa por lá depois!

Abraços
Balaio Variado

charles netto disse...

Parabéns pelo seu post minha amiga, uva vez que não tinha me dado conta que tinha esse direito assegurado constitucional e só faltando alguns detalhes que reescrevo aqui o que dizes no texto a seguir: Está na fila de votação do Senado a proposta de Emenda Constitucional que inclui a busca da felicidade no Artigo 6º da Constituição. Se aprovado (duas vezes pelo senado e depois, finalmente, pela Câmara dos Deputados), o Artigo 6º vai ficar assim: “são direitos sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados”. Hoje, o mesmo artigo começa assim: “São direitos sociais a educação, a saúde”.

Fatima Zanin disse...

Seria bom, quem não gosta de ver os outros felizes,mas difícil é ser cumprida.
parabéns pelo post.
Abraço.

Fatima Zanin disse...

Seria bom, quem não gosta de ver os outros felizes,mas difícil é ser cumprida.
parabéns pelo post.
Abraço.

Postar um comentário

Não faça comentários com endereço de sites e blogs.Eles não serão publicados. Para contato envie um e-mail para karlaketylin@gmail.com e terei o maior prazer em responder.