01/09/2011

Certificação ambiental para o Rock in Rio


A organização do Rock in Rio anunciou na última segunda-feira (29) seu Plano de Sustentabilidade. 
Entre as ações, estão previstas a gestão de resíduos, redução e compensação da emissão de carbono, programas educacionais e a campanha “Vá de ônibus”, para incentivar os fãs a utilizarem o transporte público e, consequentemente, reduzir a emissão.
Este será o primeiro evento no Brasil a receber a certificação 100R, um selo internacional concedido a empresas e organizações que se destacam por suas preocupações ambientais. Para recebê-lo será preciso reduzir ao máximo os custos do encaminhamento dos resíduos para o aterro sanitário, garantir a venda do material reciclado, diminuir a quantidade de detritos orgânicos e desenvolver soluções para reaproveitá-los em projetos de reflorestamento. A Cooperativa Barracoop foi escolhida pela organização para receber o lucro gerado a partir da venda dos resíduos.
O vice-presidente do festival, Roberto Medina, afirma que o evento será “carbono zero” e para isso já estão analisando toda a emissão de CO2 na realização do Rock in Rio, desde os aviões que irão transportar os músicos até o número de pessoas presentes no evento. Medina garante que tudo será compensado.


O “Movimento Rio Eu Amo Eu Cuido” lançará ações educativas para que o público fumante não descarte as bitucas no chão. Serão instalados cinzeiros especiais e distribuídos cem mil porta-guimbas, também circularão pelo evento um grupo de dez mímicos, que farão abordagens interativas e bem humoradas.(Ciclovivo)

1 comentários:

Fatima Zanin disse...

Isso é muito bom, parabéns pelo post.
Abraço.

Postar um comentário

Não faça comentários com endereço de sites e blogs.Eles não serão publicados. Para contato envie um e-mail para karlaketylin@gmail.com e terei o maior prazer em responder.