15/09/2011

Saneamento básico em um saco



Aproximadamente 40% dos seres humanos vivos hoje - 2,6 bilhões de pessoas - não têm acesso a banheiros. Pensando nisso, um sueco chamado Anders Wilhelmson projetou uma solução muito simples para este problema - um pequeno saco biodegradável chamado Peepoo com um forro de uréia com bactérias neutralizantes. 
O projeto piloto de marketing e venda do Peepoo começou em Silanga, uma favela da cidade de Nairobi, no Quênia. Um banheiro de uso único, que higienize os dejetos humanos de forma rápida, evitando que ele contamine o ambiente. Depois de apenas algumas semanas, o saco transforma os resíduos em um fertilizante rico em nutrientes e o sistema de resgate garante que os sacos não sejam jogados nas ruas.
Embora para nós possa parecer estranho essa substituição de saco por banheiro, há lugares em que os banheiros públicos são insalubres e perigosos, especialmente para as mulheres. 

Estes sacos especiais também estão substituindo os chamados "toaletes voadores", que são sacos de plásticos simples, muitas vezes deixados nas ruas, contribuindo para sujeira das ruas, contaminação das águas subterrâneas e propagação de doenças.

Os sacos Peepoo ajudam a conter a propagação de organismos que levam à diarreia, que é uma das principais causas de morte para crianças menores de cinco anos nos países em desenvolvimento. A empresa espera em breve disponibilizar esta solução em larga escala global.

1 comentários:

Karen Fidelis disse...

Olha só... ótima idéia. Mas o preço tem q ser muuuito acessível, pra não dizer de graça, pra essas pessoas.

Postar um comentário

Não faça comentários com endereço de sites e blogs.Eles não serão publicados. Para contato envie um e-mail para karlaketylin@gmail.com e terei o maior prazer em responder.